A Noite do Silêncio do Mandarin Oriental

Por: Flávia Pires 9 dezembro, 2018

 

 

O silêncio sempre fez parte da minha vida, talvez por ser filha única. Desde a infância, eu me acostumei a ficar sozinha em diferentes situações. Cresci tendo a experiência de ficar em silêncio por horas a fio e isso me fez uma real necessidade na minha vida desde sempre. Há alguns anos atrás eu fui para a Índia em busca de um programa de silêncio. Foram cinco dias sem falar em um Ashram nos arredores de Bangalore. As primeiras 24 horas devo confessar que foram difíceis, mas gradualmente, o corpo foi se acostumando e entrei em uma verdadeira paz interior e pude constatar os benefícios para o corpo e a mente. Desde estão, essa prática tomou conta da minha vida e uma vez ao ano eu preciso me desconectar através destes programas. A auto-reflexão tornou-se necessária pra mim. Procuro sempre refúgios durante minhas viagens para desconectar, e os spas costumam ser minha escapada ao silêncio, ainda que por algumas horinhas.

Adorei o convite do grupo Mandarin Oriental de hotéis para entrevistar o diretor de SPA e Wellness, Jeremy McCarthy, sobre o programa MO Silent Night, que há quatro anos os hotéis “baixam o seu volume”: nenhuma música e toda dedicação ao máximo de silêncio nos spas do grupo, um verdadeiro detox digital. Achei essa iniciativa incrível!

Acompanhem a entrevista:

  1. Os SPAS do Mandarin Oriental são referência mundo afora, como surgiu a idea de criar a “Noite do Silêncio”?

Minha formação acadêmica é em psicologia e o tema da minha tese foi “A Psicologia de Spas e Bem-estar”. No geral, o que eu descobri foi que alguns dos maiores benefícios das experiências de spa podem vir dos aspectos psicológicos de deixar a mente descansar e ficar em paz. Os spas oferecem luxos cada vez mais raros na vida moderna: a distância da tecnologia, o tempo em silêncio e o toque cuidadoso de outro ser humano.

2.  Nos dias de hoje, desconectar é o verdadeiro luxo. Cada vez mais pessoas precisam relaxar e encontrar equilíbrio mas atividades cotidianas, somos bombardeados diariamente com um volume incrível de informação. Que conselho você daria para desacelerar o corpo e a mente?

O grande paradoxo da vida moderna é que para termos sucesso, precisamos estar conectados, mas para estarmos bem, precisamos de tempo desconectados. Não é realista pedir que as pessoas se desconectem completamente da tecnologia porque precisamos dessa ferramenta para atingir sucesso profissional, além de aproveitarmos os ótimos benefícios que ela traz. A chave, eu acredito, é ser mais sensato no uso da tecnologia para que possamos usar essa ferramenta de formas que realmente tragam valor, estando atentos aos sacrifícios que fazemos pelo bem das nossas tecnologias. Nós só conseguimos chegar a essa conclusão quando nos damos tempo para sair um pouco do ambiente digital.

3.  Quais são os tratamentos e terapias mais requisitados nos SPAS do Mandarin Oriental pelo mundo?

Em 2019, nós celebraremos o décimo aniversário do nosso tratamento exclusivo Oriental Qi, que foi criado, junto à nossa linha exclusiva de tratamentos de aromaterapia, para oferecer uma experiência de bem-estar holístico aos nossos clientes. O tratamento foi desenvolvido por especialistas em Medicina Tradicional Chinesa trabalhando em conjunto com mestres em aromaterapia, com o objetivo de diagnosticar as características individuais de cada cliente e customizar os óleos essenciais e técnicas utilizadas para atender às necessidades específicas de cada um deles.

4.  O que mais me impressiona nos SPAs do Mandarin Oriental são a herança asiática, presente nos hotéis mesmo fora da Ásia. Esse “Espírito Asiático” está em todos os detalhes, o que faz o hóspede sentir-se especial, tão bem cuidado e ali se forma um verdadeiro laço de fidelidade e encantamento. Como o grupo consegue esse toque especial, mesmo estando longe de sua origem?

Nosso grupo veio da Ásia, com os dois primeiros hotéis sendo em Bangkok e Hong Kong (onde fica a nossa sede corporativa). A cultura asiática tem tradições de cura riquíssimas e uma maravilhosa filosofia de bem-estar holístico que permeiam tudo o que fazemos.

5.  O Mandarin Oriental é conhecido pela excelência em seus serviços. Os funcionários altamente treinados tem um senso e um profissionalismo fora do comum. O que mais me impressiona também são os protocolos e padrões estabelecidos que nunca falham, em qualquer parte do mundo. Me conte um pouco sobre esse processo de treinamento!

Obrigado! Tem algumas coisas que nós fazemos diferentes de alguns dos nossos competidores no quesito hospitalidade. Primeiramente, temos uma divisão corporativa responsável exclusivamente pelos spas, que inclui a nossa chefe de Aprendizado e Desenvolvimento. Ela supervisiona o treinamento em todos os nossos spas e vai pessoalmente a todas as aberturas de novos hotéis para garantir que as equipes estão treinadas ao nosso padrão. Em segundo lugar, levando em conta que os tratamentos são o ponto principal de todos os nossos spas, nós temos Gerentes de Tratamento em cada local que supervisionam os treinamentos em andamento dos nossos terapeutas. Nós fazemos workshops e treinamentos regionais regularmente, e também fornecemos bolsas de estudos para ajudar nossos terapeutas e Gerentes de Tratamento a continuar desenvolvendo as habilidades deles. E em terceiro lugar, nós nos apoiamos na nossa herança oriental para conseguirmos trazer a humildade gentil da nossa cultura asiática à maneira como servimos e estabelecemos relações com os nossos clientes. É a humildade que permite que um evento como Silent Night seja possível. Nós podemos calmamente servir nossos clientes enquanto ao mesmo tempo damos espaço e tempo a eles para contemplação silenciosa.

Muito obrigada, Jeremy, foi um prazer enorme conhecer um pouco mais sobre os hotéis Mandarin Oriental, que encabeça os meus hotéis preferidos mundo afora, sempre uma grande experiência memorável hospedar-me nos hotéis da rede!

Você pode gostar também de ler minhas reviews:

MANDARIN ORIENTAL MIAMI

MANDARIN ORIENTAL HONG KONG

MANDARIN ORIENTAL TOKYO

Minha experiência do voto de silêncio na Índia: ASHRAM ART OF LIVING NA ÍNDIA.

Fotos divulgação.