Pousada Literária de Paraty

Por: Flávia Pires 18 junho, 2018

 

Muito bem localizada, no coração do Centro Histórico da bela Paraty, a pousada antigamente se chamava Coxixo e possuía uma ilustre proprietária, Maria Della Costa, falecida há pouco, que após anos de sucesso no teatro brasileiro, decidiu se mudar para  Paraty e, em um antigo casarão, poder receber amigos e visitantes.

Adquirida anos depois por um casal empreendedor, os quais ganharam fama na administração hoteleira de alta qualidade, a pousada mudou o nome para Literária e passou por uma obra completa, projeto do escritório Jacobsen Arquitetura, que preservou a tradição de Paraty de arte e cultura, sem deixar de lado o requinte , a elegância e o conforto. E que conforto!

Pousada_literária_paraty_6

As 22 acomodações são espaçosas e aconchegantes, equipadas com cama king size, TV LCD com canais SKY, DVD, ar-condicionado, cofre, wi-fi, além de frigobar que pode ser customizado pelo hóspede. Todas oferecem toalhas e roupões de algodão de alta qualidade, além de lençóis 600 fios. As suítes Master oferecem também dois ambientes e hidromassagem no próprio quarto. Para conforto e comodidade dos hóspedes, a pousada possui estacionamento interno, coisa rara na cidade.

Pousada_literária_paraty_200000

 

O café da manhã é servido à beira da piscina, que fica localizada no átrio, mas também pode ser servido no quarto. Um detalhe é que não tem hora para acabar. Esse pra mim é o maior dos luxos em um hotel, acordar sem pressa e sem despertador. Todos os pães são feitos ali, assim como bolos e geléias. O destaque vai para o delicioso e inesquecível waffle de pão de queijo, massa caseira, vem quentinho e feito na hora. E que eu ainda ganhei a receita do chef de tanto que elogiei!

A área da piscina é um convite ao ócio, sempre acompanhado de um bom livro, claro!

 

A pousada possui também: bar, sauna seca, sala de massagens e ducha – ideais para o relaxamento após uma boa caminhada pela cidade, um mergulho no mar ou um banho nas cachoeiras de Paraty. Nas acomodações, os hóspedes tem uma coleção de livros de DVDs privativa à sua disposição e, na biblioteca, uma seleção de aproximadamente 500 títulos de livros, selecionados por ninguém menos que o jornalista Miguel Conde, curador da FLIP,o maior festival literário do Brasil e da América do Sul. Além de palestras, também são realizadas discussões, oficinas literárias e eventos paralelos para crianças ( Flipinha) e jovens ( Flipzona). O sucesso mundial desde seu ano de fundação em 2003, se deve, principalmente, ao envolvimento e participação ativa de autores de vários países reconhecidos internacionalmente. Uma ótima seleção de filmes compõem também o acervo disponível.

 

Pousada_literária_paraty_7

 

Tudo na Literária foi inspirado nas artes e na cultura, para que a experiência do hóspede seja permeada com elementos da literatura, do cinema, da música e da gastronomia. E por falar em gastronomia, o restaurante Quintal das Letras anexo à pousada, oferece um cardápio elaborado com produtos sazonais vindos diretamente da horta orgânica da Fazenda Bananal, um casarão histórico datada do século XIX, restaurada com base em depoimentos e registros iconográficos para um verdadeiro resgate histórico e cultural, com exposição de imagens e textos sobre a história do Brasil, de Paraty e da Fazenda. Lá você pode almoçar no delicioso restaurante e visitar a horta, o galinheiro, a queijaria, o capril e o curral. A fazenda está aberta todos os dias das 09:00 às 18 horas. www.fazendabananal.com.br

 

Restaurante Quintal das Letras

Fazenda Bananal

Fazenda Bananal

O mais simpático de tudo, na hora do check out na Pousada Literária, eles te oferecem uma sacola com hortaliças e verduras fresquinhas pra você levar pra casa! Luxo dos luxos!

www.pousadaliteraria.com.br