Menu

As pirâmides de Teotihuacan

Flavia Pires
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Já que estava na Cidade do México, não pude deixar de conhecer as famosas pirâmides de Teotihuacan que ficam a 40 km do centro da cidade. Acredita-se que cidade tenha sido estabelecida em torno de 100 a.C., sendo que os principais monumentos foram construídos continuamente até cerca de 250 d.C.Teotihuacan_mexico_2

A cidade pode ter durado até algum momento entre os séculos VII e VIII, mas seus principais monumentos foram saqueados e sistematicamente queimados por volta de 550 d.C. No seu apogeu, talvez na primeira metade do primeiro milênio d.C., a cidade Teotihuacan foi a maior cidade da América pré-colombiana, com uma população de mais de 125 mil pessoas, tornando-se, no mínimo, a sexta maior cidade do mundo naquela época. Teotihuacan começou como um novo centro religioso nas terras altas mexicanas em torno do primeiro século d.C. Esta cidade passou a ser o maior e mais populoso centro no Novo Mundo e era ainda o lar de complexos de moradias o construídas para acomodar esta grande população.Teotihuacan_mexico_6

Além dos edifícios piramidais, Teotihuacan também é antropologicamente significativa por seus complexos residenciais multi-familiares, pela Avenida dos Mortos e por seus vibrantes murais que foram excepcionalmente bem preservados.Teotihuacan_mexico 30 Teotihuacan_mexico_31

Apesar de ser um tema em debate se Teotihuacan era o centro de um império ou Estado, a sua influência em toda a Mesoamérica é bastante documentada; a evidência da presença teotihuacana pode ser visto em vários locais em Veracruz  e na regiãomaia. Os astecas podem ter sido influenciados por esta cidade. A etnia dos habitantes de Teotihuacan é também um tema em debate. Possíveis candidatos são os grupos étnicos náuatles, otomis ou totonacas. Os estudiosos também sugeriram que Teotihuacan era um Estado multiétnico.

O local abrange uma área total de 83 quilômetros quadrados e foi designado como Patrimônio Mundial pela Unesco em 1987. As ruínas da cidade são o sítio arqueológico mais visitado do México.

A Pirâmide da Lua: Diz a lenda que a pirâmide da Lua suga a energia das pessoas e a do Sol, revigora. Portanto, comece o trajeto pela Lua e depois, pelo Sol. Quem sobe percebe a diferença. A segunda é cerca de 20 metros maior que a primeira, mas elas praticamente têm a mesma altura em razão do desnível do solo.Teotihuacan_mexico_9

 

A vista lá do alto é espetacular!Teotihuacan_mexico_13Teotihuacan_mexico_5

Pirâmide do Sol: É a maior das pirâmides da cidade de Teotihuacan, a segunda maior de todo o México e a terceira maior do mundo. Está voltada para oeste de modo que no solstício de verão, o sol de põe exatamente na sua frente. Tem 225 metros de lado, 65 metros de altura e é a estrutura mais volumosa da cidade, com 2,5 toneladas de material.

A pirâmide é composta de cinco plataformas dispostas em degraus  e uma escadaria cerimonial que conduz ao topo, onde existia um templo feito de madeira – utilizado para realizar sacrifícios e oferendas aos deuses, que foi destruído juntamente com a parte mais alta da pirâmide. Ela é feita de pedregulhos com o núcleo de adobes de terra e lama,  recobertos de pedra e revestido de estuque pintado. Durante o auge de Teotihuacan, as pirâmides eram pintadas de vermelho brilhante e se destacavam na paisagem.

Teotihuacan_mexico_3Teotihuacan_mexico_20Teotihuacan_mexico_15Teotihuacan_mexico_19

Dica: tênis, chapéu e protetor solar, a subida é íngreme, os degraus estreitos e o sol não perdoa.

Fotos Flavia Pires, todos os direitos reservados.

 

Explore também:

Traduza