Menu

Mandarin Oriental Doha

Flavia Pires
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

 

Recém inaugurado e ultra bem localizado em uma área nova da cidade, a chamada Msheireb Downtown, o novíssimo Mandarin Oriental aterrissou em Doha com sua lendária hospitalidade, renovando os novos patamares do luxo na capital do Qatar. A proximidade da Copa de 2022 fez com que Doha investisse pesado no turismo e a cidade está absolutamente renovada e cheia de excelentes atrações.

O Mandarin Oriental faz parte do complexo Barahat Msheireb Town Square, uma área que foi construída para abrigar muitos restaurantes, prédios de escritórios, tudo isso com um acesso walking distance para o Souq Waqif, o Museu de Arte Islâmica e o recém inaugurado National Museum. Está sendo preparado um super sistema de ar condicionado nesta “praça”, que apesar de ser totalmente aberta,  dará vazão ao calor que no verão beira os 50 graus em Doha. Coisas impossíveis que só acontecem com o dinheiro do petróleo.

Fachada do Mandarin Oriental

John McAslan + Partners foram os responsáveis pela arquitetura do projeto e Simon Rawlings, David Collins Studio os responsáveis pelo interior do hotel. Souberam captar como ninguém, referências da cultura do país, traduzidas em modernidade, com uma releitura difícil até de descrever, tamanha habilidade e um resultado perfeito, as fotos falam por si só.

A entrada do Mandarin Oriental Doha é pelo nível da rua, mas o lobby fica com acesso por um elevador no segundo andar do edifício.

A Entrada pelo nível da rua

A beleza do lobby no segundo andar

O lobby visto de cima

Detalhes dos arranjos de  flores estão por todos os lados e o aroma delicioso no ar, aliados a um serviço de excelência, temos a certeza de estar em um hotel da rede Mandarin Oriental, os reis dos detalhes e refinamento.

Na religião islâmica, o consumo de álcool é proibido e no Qatar, assim como nos Emirados Árabes, só é permitido consumir bebida alcóolica nos hotéis. Por isso nestes países, os hotéis acabam se tornando um grande ponto de encontro, reuniões de negócios com estrangeiros em almoços, cafés, chás e jantares. Eles investem muito em áreas comuns dentro dos hotéis que proporcionem estas experiências para os locais. Anexo ao lobby fica o BAHARA LOUNGE onde facilmente você esbarra com hóspedes tomando um café no meio da manhã, ou um happy hour no fim do dia.

MANDARIN LOUNGE, onde é servido o famoso afternoon tea, tradição de toda a rede de hotéis Mandarin Oriental e em Doha, não poderia ser diferente. O chá já caiu nas graças dos locais e costuma ficar lotado nos finais de semana, reservas são imprescindíveis. A elegante Sheika Mozah, esposa do Emir do Qatar é frequentadora desde a inauguração do hotel. O salão envidraçado em tons de azul e um mobiliário chiquérrimo, tudo ali foi pensado em cada metro quadrado para te proporcionar uma experiência única. Detalhes por todos os lados, durante a degustação do chá. Desde a escolha das ervas até a taça de Champagne Rosé, acompanhada de uma flor comestível nas taças de boca larga, que andam voltando ao cenário glamuroso. Tudo ali foi pensado para encantar o hóspede.

No mesmo piso do lobby está também o AMBAR, um super bar, com uma carta de drinks, que além dos clássicos, alguns autorais bem especiais. Adorei o ambiente, em tons de âmbar, of course.

O Mandarin Oriental Doha conta ainda com outros dois super restaurantes, o IZU, com um cardápio mediterrâneo, sob o comando do chef Izu Ani, onde estive jantando e almoçando no outro dia, de tanto que gostei do ambiente, da comida e do serviço. Comi no jantar do uma Burrata que segundo o chef, tinha vindo de um produtor pequeno no voo daquele dia direto Puglia na Itália. Nem na Itália eu comi tão boa, desmanchava na boca. Gostei tanto, que voltei no almoço do dia seguinte só para comer outra vez, o mesmo prato!

Clean e contemporâneo

O MOZAIC é o restaurante no oitavo andar onde é servido o café da manhã, que por sinal, foi um dos mais incríveis da minha vida, de verdade. São nove estações onde tudo ali é feito na hora, com produtos muito selecionados. Aliás, isso chama muito a atenção no Qatar, a qualidade dos alimentos, levando em conta que o país é um grande deserto, não produz absolutamente nada, a não ser petróleo. Tudo que consome, vem de fora. Eles procuram trazer produtos de altíssima qualidade.

Detalhes do café da manhã que eu adorei:

Uma outra noite jantei lá também, o cardápio é bem internacional, fiz uma degustação de vários pratos e foi sensacional, um jantar memorável. Tanto pela apresentação dos pratos e pelos sabores.

 

A vista do MOZAIC é linda, nas varandas que o rodeiam, dá pra ver o lindo skyline de Doha, na minha opinião, um dos mais bonitos do mundo, com edifícios super high-tech às margens do Golfo Pérsico.

Anexo ao IZU, está o SECRET BAR, pequenino e bem reservado. Uma seleção incrível de Whiskys, Gins, drinks e um cardápio de snacks que pra ser sincera, nem vi o tempo passar, adoro bares assim.

Um fim de noite animado!

E com o calorão que faz aqui no Qatar praticamente o ano todo, uma sorveteria é uma boa pedida pra refrescar no meio do dia, certo? A GELATO anexa ao Mandarin Oriental é desses lugares pra você literalmente se esbaldar em sorvetes deliciosos, de diversos sabores, caldas e tudo o que tem direito de delícias! Os croissants de Oreo, Pistache e Red Velvet do café da manhã estão ali pra te tentar outra vez!

 

E com previsão para o ano que vem, o Mandarin Oriental está preparando a abertura de mais três restaurantes no hotel: Um chinês, uma confeitaria e mais um bar/restaurante no rooftop. Mais completo, impossível.

Por falar em rooftop, é lá que fica a piscina do hotel, com um lounge aconchegante e serviço de piscina completo.

O SPA é um capítulo a parte, de um requinte absoluto. Duas piscinas indoor, espreguiçadeiras em mármore aquecidas e um cardápio extenso de tratamentos incríveis para relaxar por completo. Um paraíso na Terra.

Fiquei bem impressionada com a área da academia, com equipamentos de última geração, sala de yoga, pilates, TRX, e até uma barbearia. Uma sala privativa paradas mulheres islâmicas fazerem Personal, onde ficam separadas dos homens e mais resguardadas, inclusive com uma entrada independente para não ter que passar por dentro da academia. Um projeto que foi minuciosamente pensado e executado para preservar a privacidade dos seus hóspedes.

High Tech

Eu me hospedei em uma suíte categoria Deluxe. Materiais nobres e um design com muitas referências indiretas ao país. O desenho do tapete o encontro das águas do golfo Pérsico com as areias do deserto. O painel em cima da cama representa o movimento do vento nas areias do deserto. Tudo isso com extremo bom gosto e nota-se o nacionalismo muito presentear todos os lados. Me impressionou muito um detalhe do projeto: uma divisória do armário tem abertura para fora do quarto, para caso as mulheres islâmicas solicitarem algum serviço não precisarem  pôr o véu para atender a porta. Sensacional, né? Pensaram em absolutamente tudo!

O banheiro inteiro em mármore com um acabamento super nobre, detalhes das amenities por todos os lados.

Aliás, mimos e amenities por todos os lados, sempre. Essa é uma característica muito forte dos hotéis Mandarin Oriental : uma riqueza de gentilezas do começo ao fim da hospedagem, eles pensam em tudo!

Mais um hotel para guardar na memória, é sempre uma experiência fantástica estar em um Mandarin Oriental pelo mundo!

 

Fotos Flavia Pires, todos os direitos reservados.

 

 

Explore também:

Traduza