Menu

Anguilla, um paraíso quase secreto no Caribe

Flavia Pires
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

 

 

Pequena, serena, informal e com praias lindas de doer, Anguilla é desses paraísos secretos em pleno Caribe, que foi perfeito para passar uns dias depois de uma semana em St Barth. A ilha fica a 15 minutos de voo de St Barth e St Maarten. Você pode ir tanto de avião, quanto de barco ( 45 minutos).

Anguilla é território britânico, rústica, com um centrinho muito simples e diferentemente de outras ilhas do Caribe, não tem marcas estrangeiras em toda ilha.  Sem massas de turismo, aqui não tem porto, os navios não chegam na ilha. Por isso a ilha é tão preservada e sossegada. Várias redes hoteleiras de luxo estão por aqui, os hotéis são muito bons e ganham ar de exclusividade. Muitos deles frequentados por famosos que preservam sua privacidade neste paraíso, longe de turistas.

Minha escolha de hospedagem na ilha foi o charmoso Zemi Beach House, um hotel pequenos, com apenas 65 quartos, pé na areia, na belíssima praia de Shoal Bay East, uma das mais bonitas da ilha. O azul neon de suas águas chega a doer os olhos.

Uma piscina super agradável que muitas vezes se confunde com o azul do mar. Serviço de praia super atencioso, perfeito para dias de descanso. E que descanso!

O 20 KNOTS é o restaurante onde servem o café da manhã, um cardápio leve de almoço e jantar até às 22 horas. perfeitos para um almoço na beira do mar.

 

O ZEMI THAI HOUSE SPA é famoso em toda a ilha e aberto ao não hóspedes. Uma casa inteira foi trazida desmontada da Tailândia e abriga o spa, aquele toque asiático em pleno Caribe, linda demais e super aconchegante. Profissionais muito bem treinados fazem parte do staff. Um extenso cardápio de tratamentos corporais, piscina para relaxar e uma sauna maravilhosa estilo Hamman completam o cenário.

As noites foram regadas à ótimos drinks na área do bar do Zemi Beach House, à beira da piscina, que fica linda iluminada durante a noite.

O highlight para quem gosta de beber, é o elegantíssimo Rhum Room, com drinks a base de rum, preparados com muita expertise por um mixologista. Foi o meu point todos os dias depois do jantar.

Os quartos são amplos, arejados, com varanda e uma vista sensacional de Shoal Bay! Adorei o banheiro muito espaçoso e com direito à penteadeira, como faz falta, deveria ser obrigatório em todos os hotéis!

Vista do meu quarto

Aproveitei para visitar também outras categorias de suítes perfeitas para famílias:

DETALHES DA PRIVATE VILLA:

DETALHES DA PENTHOUSE:

Academia de ginástica muito bem montada, até para os mais exigentes.

 

Optei por alugar um carro para rodar e conhecer um pouco mais da ilha. Solicitei no próprio hotel e eles me entregaram o carro lá mesmo, bem prático e com diária em torno de U$50. Devolvi na marina onde peguei o barco para St Maarten, foi perfeito o esquema.

Passeio imperdível em Anguilla é conhecer a SANDY ISLAND, uma ilhota que fica a uns 20 minutos de barco da costa, ( dá pra comprar o barquinho na marina de Sandy Ground por volta do meio dia). A ilha é pequenininha, tem apenas um restaurante, que serve uma lagosta na brasa e camarão ao curry, regados à bons Mojitos, preparados pela simpática Carrie que tem o astral nas alturas. Adorei o programa bem local e sem frescura.

Lagosta na brasa

Como eu contei anteriormente, Anguilla não tem um centrinho charmoso, mas vale dar uma volta e ir conhecer outros hotéis da ilha e aproveitar para almoçar ou jantar:

FOUR SEASONS: super arrojado e localizado em um penhasco, com uma vista de matar de linda. Uma delícia fazer um happy hour no animadíssimo Sunset Lounge, com música ao vivo e estender ate o jantar. O menu asiático é delicioso e comemos um japonês dos deuses.

BELMOND CAP JULUCA O hotel acabou de passar por uma reforma milionária e está lindíssimo. Vale tirar um dia para ir almoçar em um dos três restaurantes do hotel, com vistas estonteantes.

JACALA  Fica em Meads Bay e é super descontraído, o chef é francês e o menu sazonal. O jantar é das 19 às 22:15 e precisa de reserva.

BLANCHARDS O simpático casal Bob e Merlinda há anos fazem questão de receber seus clientes. O local é super agradável e serve o melhor Mahi Mahi da ilha. Jantar com reservas das 18 às 23 horas.

QUANDO VISITAR ANGUILLA? De novembro à julho! Agosto, setembro e outubro é a época dos furações.

Fotos Flavia Pires Explora

 

 

 

 

 

Explore também:

Traduza