O melhor da gastronomia em Lisboa

Por: Flávia Pires 21 julho, 2016

 

 

 

Quem pensa que os restaurantes em Lisboa ainda servem pratos típicos portugueses, está muito enganado. A gastronomia na cidade deu um salto nos últimos anos e não param de abril lugares novos e mega transados. Reuni aqui dicas excelentes da Thereza Formiga, minha amiga querida e agora a mais nova colunista do site, que conhece cada cantinho deslocado de Lisboa, dá uma olhada quanta dica boa ela conta pra gente:

Yakusa:

Japonês novíssimo do chef celebridade em Portugal, Olivier da Costa, ambiente super cool com um jardim interno típico japonês, ótimo para os dias de primavera/verão e um Sushi Bar delicioso!

Yakusa_First_Floor_Lisboa_Portugal_

Sea Me Peixaria Moderna:

Um misto de japa e peixaria. O conceito: um mercado tradicional / restaurante japonês/cervejaria/marisqueira que brinca com o peixe e com o marisco. Uma verdadeira peixaria moderna. Super concorrido na cidade, do tipo tem que conhecer!

Sea_Me_Lisboa_Portugal_

Rabo d’Pexe:

Sabores e Sotaques açorianos em Lisboa, essa é a proposta do chef Filipe Rodrigues quando decidiu pôr na mesma mesa carnes, peixes e mariscos. Noventa rótulos especialíssimos acompanham o cardápio.

Saem_Lisboa_Portugal_

O Talho:

Uma espécie de açougue com todos os cortes impecáveis de carnes preparadas pelo chef Kiko de diversas formas, destaque para os croquetes e o bife tartare em um espaço moderno e um serviço bem competente.

O_Talho_Lisboa_Portugal_

Palacio Chiado:

Um antigo palácio datado de 1781 que serviu de palco para grandes banquetes, apreciadores de obras de arte inéditas e hospedaram personalidades irreverentes, o Palacio Chiado abriga hoje um espaço voltado para cultura, exposições, pequenas apresentações, pockets shows, sala privativa para aluguel e um complexo gastronômico muito interessante, com um sushi bar, o Sushic Chiado, Espumanteria do Mar e sua carta de espumantes e drinks acompanhados de frutos do mar. Um charcuteria com os melhores embutidos e uma seleção de vinhos incríveis, o Feike Burguers com diferentes variações do sandwich, compõem este espaço que é must go na cidade!

Palácio_do_Chiado_Lisboa_

 

O Prego da Peixaria:

Do mesmo dono do Sea Me Peixaria Moderna, O Prego da Peixaria já nasceu famoso. Uma casa de “pregos”( sandwiches ) que faz renascer o ambiente vivido nos cafés e nas casas que ajudaram a democratizar este pedacinho de carne. Um produto lisboeta e transversal à todas as idades, à todos os estatutos, à todas as tribos.

Prego_na_Peixaria_

 

Pizzaria Zero Zero :

Ambiente ultra aconchegante e uma das pizzas mais disputadas da cidade!

Pizza_Zero_Zero_Lisboa_

 

A Padaria Portuguesa:

Com 40 pontos na cidade, essa padaria é tiro certo pra um pitstop a qualquer hora do dia. Com cerca de 30 variedades de pães artesanais, sanduíches deliciosos, tortas e doces, sucos naturais, saladinhas, enfim, daqueles lugares que vão do café da manhã, almoço e jantar sem nos preocuparmos com a qualidade dos produtos ali servidos.

A_Padaria_Portuguesa_Lisboa_Portugal_

 

Lost In:

Restaurante com uma pegada mais natural/ indiana / oriental, com happy Hour no por do sol, música ao vivo, desses lugares pra curtir uma vista linda e ótimas comidinhas acompanhados de bons drinks! Não deixe de conhecer a lojinha indiana com coisas lindas!

Lost_In_Lisboa_Portugal_

 

Embaixada:

Um palácio antigo restaurado com várias lojas no seu interior é um café no centro, perfeito para uma pausa nas lojinhas com cada coisa linda, vale muito conhecer este espaço em Lisboa. …

Embaixada_Lisboa_Portugal_

Park Bar:

Localizado em um sétimo andar de um estacionamento e um dos rooftops mais festejados de Lisboa, com uma vista linda do Rio Tejo e das torres da igreja Santa Catarina, o Park é parada obrigatória para um drink no fim do dia, vive cheio e não aceita reservas! No verão ali acontecem filmes ao ar livre e apresentação de Dj’s.

Park_Bar_Lisboa_Portugal_

A Travessa:

Construído no século XVII, o antigo Convento das Bernardas no coração de Madragoa foi convertido em um dos endereços mais disputados da cidade. Seu ambiente conta histórias antigas e de sofisticação. A cozinha de influência internacional em uma harmoniosa fusão com a gastronomia tradicional portuguesa, fazem deste cardápio, único em Lisboa. Destaque para o Secretos de Porco Preto, Mexilhões em Nata e as Ostras fresquíssimas de Setúbal.
A_Travessa_Lisboa_Portugal_

The Insólito:

No topo do The Independente Hostel & Suítes, o espírito descontraído e boêmio do The Insólito preza por seus ótimos drinks clássicos e cocktails de autoria feitos sob medida pelo mixologista Alexandre Leitão, fazendo das noites aqui um astral único. Cerca de 50 rótulos também compõem a carta de vinhos, meticulosamente divididos por frescos, minerais e complexos. A cozinha pilotada pelo chef Nuno Bandeira de Lima oferecem pratos que ele carinhosamente chama de Mar e Terra.

Insólito_Lisboa_Portugal_

Taberna Moderna:

O ambiente é lindamente decorado e descontraído. A carta de Gin & Tonics offered excelentes versões do drink. Os pratos são deliciosos e despretenciosos, destaque para o Arroz de Choco para compartilhar. Os petiscos são sensacionais, perfeito para aquele encontrocom os amigos!

Taberna_Moderna_Lisboa_Portugal_

Belcanto:

O chef queridinho José Avillez faz sucesso na cidade com seus 5 restaurantes e o seu Belcanto é a sua versão mais requintada. Distinguido com duas estrelas Michelin, o Belcanto abriu em 1958, no Chiado. A localização privilegiada no centro histórico de Lisboa, o serviço discreto e a sua cozinha, rapidamente conquistaram as elites lisboetas. O Belcanto por José Avillez abriu em 2012, totalmente renovado. Nesse mesmo ano, foi distinguido com uma estrela Michelin e, em 2014, foi distinguido com a segunda, sendo o primeiro restaurante em Lisboa com essa distinção. Em 2015, o Belcanto foi considerado um dos cem melhores restaurantes do mundo pela prestigiada “The World’s 50 Best Restaurants List”. No Belcanto, José Avillez proporciona uma viagem gastronómica e sensorial absolutamente única. Aqui oferece uma cozinha portuguesa revisitada a um conjunto exclusivo de dez mesas num ambiente sofisticado que nos faz viajar do romantismo do antigo Chiado até ao futuro. A escolha dos ingredientes é criteriosa. A sazonalidade e o método de produção não industrial são valorizados e Chef e equipa têm preferência por alimentos biológicos, mas sem fundamentalismo. “Cada prato conta uma história e tem como principal objetivo emocionar quem o aceita provar.” Lindo, não?

Belcanto_Lisboa_

Cantinho do Avilllez:

Um espaço acolhedor onde a tradição e a modernidade convivem com a naturalidade.
Sendo a qualidade uma prioridade para o chef José Avidez, aqui tudo foi minuciosamente pensado.
A cozinha, maioritariamente de inspiração portuguesa, inclui influências de algumas viagens. A carta oferece uma grande variedade de petiscos, pregos, entradas, pratos e sobremesas, para que a experiência gastronômica possa ser diferente em cada visita. O serviço, simpático e informal, contribui para um ambiente alegre e descontraído.

Cantinho_do_Avillez_Lisboa_

Fotos divulgação.